Este site utiliza cookies próprios ou de terceiros. Ao continuar a navegação você aceita o uso que fazemos destes. Caso queira, você pode modificar suas preferências em seu nevegador.

O que está procurando?

ACCIONA aumenta sua ambição climática e se compromete em reduzir suas emissões de gases de efeito estufa em 60% até 2030

10/12/2019
  • A companhia alinha seus objetivos com a meta mais ambiciosa do Acordo de Paris para limitar a 1,5°C o aumento da temperatura global

  • O objetivo de redução das emissões de gases com efeito de estufa foi cientificamente validado pela Science Based Targets

 

No âmbito da COP25, a ACCIONA anunciou seu compromisso de reduzir as emissões de gases com efeito estufa de acordo com o cenário mais ambicioso do Acordo de Paris: limita o aumento da temperatura em 1,5ºC desde a era pré-industrial. O objetivo se concentra em uma redução, antes do ano 2030, de 60% das emissões tanto diretas como de energia consumida, assim como 47% das emissões de sua cadeia de valor.

O compromisso foi validado pela iniciativa Science Based Target (SBTi) que o classificou como o mais avançado dos aprovados até agora. Este órgão – impulsionado, entre outros, pelo Pacto Mundial das Nações Unidas – fornece os critérios científicos necessários para determinar a porcentagem de redução de emissões que cada companhia deve realizar. Além disso, o SBTi garante métricas reais e comparáveis dos esforços realizados pelas empresas, mediante a introdução de critérios de medição objetivos e credíveis.

A fixação destes objetivos concretiza o compromisso assumido em setembro passado pela ACCIONA no âmbito da iniciativa Business Ambition for 1.5°C: Our Only Future. José Manuel Entrecanales, presidente da ACCIONA, assinou esta campanha patrocinada pelo Pacto Mundial das Nações Unidas por ocasião da Cúpula 2019 de Ação Climática da ONU em Nova York.

O estabelecimento deste novo objetivo se enquadra dentro da estratégia da companhia de enfrentar a emergência climática e promover atividades baixas em carbono. As principais atividades e os investimentos da ACCIONA são orientados para negócios de baixo carbono que contribuem para a agenda sustentável.

A companhia aposta na fixação de preços dissuasivos para as emissões contaminantes como ferramenta para acelerar a transição a uma economia descarbonizada.

Com esta iniciativa, ACCIONA revalida sua liderança na luta contra o aquecimento global, que já em 2018 levou a companhia a ser a primeira Utility espanhola com objetivos de redução de emissões certificados pela SBTi. A empresa é neutra em carbono desde 2016.

A ação continuará a compensar voluntariamente 100% das emissões que não possam ser reduzidas. Esta compensação de emissões é efetuada através da aquisição de certificados de redução de emissões emitidos pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas, o que implica colocar um preço real nas emissões da companhia, incluindo-o como um custo direto em suas operações. Desta forma, ao internalizar-se os custos da poluição, a companhia continuará incentivando o envolvimento de todas suas áreas de negócio na redução de emissões.

 

 

Subir