Este site utiliza cookies próprios ou de terceiros. Ao continuar a navegação você aceita o uso que fazemos destes. Caso queira, você pode modificar suas preferências em seu nevegador.

O que está procurando?

Equipe ACCIONA|SAINZ XE sobe ao pódio pela primeira vez no Extreme E

30/08/2021

Terceira etapa do campeonato aconteceu neste final de semana na Groenlândia

Neste final de semana a equipe SAINZ XE da ACCIONA subiu ao pódio do Extreme E pela primeira vez no X Prix do Ártico, na Groenlândia. A equipe garantiu o terceiro lugar, após disputar sua primeira final do campeonato de SUVs off-road elétricos sustentáveis - que luta para tornar visíveis os perigos das mudanças climáticas em cinco ecossistemas ameaçados ao redor do mundo.

Dos três disputados anteriormente, este foi o melhor X Prix da equipe espanhola, o que lhe garantiu também 25 novos pontos no campeonato. O resultado permite que a equipe suba à quinta posição com um total de 61 pontos. Quem garantiu o primeiro lugar foi a dupla da Andretti United, com a britânica Catie Munnings e o sueco Timmy Hansen.

A corrida já começou com vitória da ACCIONA | SAINZ XE logo no “Grid Play”, o voto popular que dá preferência na escolha da posição no grid de largada. Carlos e Laia optaram pela linha central. Laia Sanz preservou a integridade do Odyssey 21 e Carlos Sainz recuperou a corrida já na segunda volta, quando recuperou duas posições, passando da quinta para a terceira.

Esporte com consciência

O X Prix do Ártico, uma das corridas mais esperadas da série, não decepcionou e ofereceu, além da emoção da competição, um reflexo do degelo progressivo das geleiras, em decorrência do aquecimento global.

As nove equipes, com seus utilitários esportivos “Odyssey 21” - 100% elétricos; abastecidos por sistemas verdes de hidrogênio - se reuniram na região de Kangerlussuaq (Groenlândia), na orla da geleira Russell, área que décadas atrás estava coberta pelo permafrost.

A ACCIONA participa deste campeonato sustentável de automobilismo com a equipe SAINZ XE, com o objetivo de aumentar o compromisso social na luta contra as alterações climáticas, promovendo a mobilidade sustentável e também a igualdade de gênero através do esporte.

Extreme E e ACCIONA também contribuem para tornar visíveis os efeitos catastróficos do aquecimento global, a pegada ambiental em vários ecossistemas ameaçados e a necessidade de acelerar a transição para uma economia de baixo carbono.

Para o X Prix do Ártico, a competição participou em várias atividades de sensibilização ambiental sob a égide de uma comissão científica especializada. Extreme E e suas equipes promoveram o programa NAKUUSA da UNICEF, que apóia os direitos das crianças na Groenlândia por meio da criação de conselhos infantis que ajudam a amplificar suas vozes.

Fase Final

A equipe ACCIONA | SAINZ XE seguirá para o “Island X Prix”, na Sardenha (23-24 de outubro), a penúltima prova que compõe esta primeira edição do Extreme E.

A competição chegará à ilha italiana para aumentar a conscientização sobre o impacto gerado pelos incêndios, cada vez mais frequentes nos ecossistemas mediterrâneos.

A organização ainda não revelou o último destino, em que será decidido o campeonato, após ter sido obrigada a modificar o calendário em sua fase latino-americana devido à incidência e consequências do Covid 19.

 

Subir