Este site utiliza cookies próprios ou de terceiros. Ao continuar a navegação você aceita o uso que fazemos destes. Caso queira, você pode modificar suas preferências em seu nevegador.

O que está procurando?

Mensagem do Presidente

José Manuel Entrecanales, presidente de ACCIONA, responde sobre o modo como a companhia gera valor no médio e no longo prazo.

QUAIS SÃO OS DESTAQUES DOS RESULTADOS DE 2017?

Podemos dizer que os resultados de 2017 foram sólidos, superando nossas previsões. As decisões estratégicas da ACCIONA nos últimos anos contribuíram para reforçar seu modelo de geração de valor e cumprir com os objetivos financeiros, não somente em termos de crescimento, mas também a partir da perspectiva do balanço.

E isso é constatado pelas cifras, com um crescimento de 7% de EBITDA se comparado a 2016, apesar dos menores níveis de produção na divisão de Energia em consequência de eventos de força maior, como níveis inferiores de vento, chuva e dos terremotos no México, o que foi compensado pelos resultados da divisão de Infraestruturas, com um EBITDA 33% superior ao exercício anterior.

O ano de 2017 também foi importante do ponto de vista das operações de desinvestimento. Com o recente encerramento da operação e a venda dos ativos de energia termossolar na Espanha, concluiu-se um processo de desinvestimento iniciado em 2013.

A operação nos permitiu liberar capital para novos projetos internacionais com mais rentabilidade, o que contribuirá para equilibrar a presença da companhia em diferentes regiões. Também é importante mencionar o acordo para a venda da Trasmediterranea – que neste momento aguarda as últimas autorizações administrativas para sua conclusão – o qual ocorreu em um momento oportuno, junto a processos de melhoria da eficiência e da competitividade da empresa.

Tudo isso nos permitiu fortalecer nossa posição de balanço e melhorar as previsões de alavancagem, chegando ao nosso objetivo de dívida um ano antes do previsto, com menores custos de financiamento e um índice de cobertura de juros mais favorável.

Por último, alinhado ao compromisso estabelecido durante o ano de 2016, o investimento bruto chegou em 2017 a 900 milhões de euros, concentrados principalmente nas divisões de Energia e Infraestruturas.

As decisões estratégicas da ACCIONA nos últimos anos contribuíram para reforçar seu modelo de geração de valor.

QUAIS SÃO AS PERSPECTIVAS DE CRESCIMENTO PARA AS DIVISÕES DE ENERGIA E INFRAESTRUTURAS A CURTO E MÉDIO PRAZO? E QUAIS SÃO OS DESAFIOS NESSAS ÁREAS?

No âmbito da energia, a demanda de renováveis continua a crescer, o que traduz uma carteira de pedidos consolidada no curto prazo e que se vê impulsionada pela vontade global de conter os efeitos das mudanças climáticas e da melhoria na competitividade das tecnologias renováveis frente às fontes de energia convencionais.

Devemos, contudo, ter cautela e buscar alternativas rentáveis aos leilões, onde a concorrência se intensificou nos últimos anos com o excesso de liquidez nos mercados financeiros e a entrada de novos atores com vocação especulativa que comprometem a rentabilidade do mercado.

Nesse sentido, a maior sensibilidade das empresas frente as consequências do aquecimento global e uma maior consciência ambiental da sociedade como um todo, estão impulsionando o mercado de contratos de fornecimento de energia renovável no setor privado. A carteira atual de clientes da ACCIONA Energía se estende pelos mercados mais estratégicos, com importantes clientes corporativos e institucionais dos setores mais diversos. E a previsão é que o crescimento continue ao longo dos próximos anos.

Além disso, a tecnologia de microrredes está permitindo vislumbrar o armazenamento como uma possibilidade realista e acessível.

Na perspectiva da divisão de Infraestruturas, a internacionalização do negócio nos últimos dez anos nos permitiu seguir crescendo. 2017 será um marco não somente pelos bons resultados obtidos – com um importante crescimento nos volumes de construção – mas também em termos de novas contratações que contribuíram para a consolidação do negócio da ACCIONA Infraestructuras em mercados nos quais a divisão já conta com uma presença significativa.

Algumas tendências globais estão contribuindo para o incremento da demanda, como o crescimento significativo das áreas urbanas e metropolitanas; a necessidade de adaptação aos requisitos sociais e ambientais, com fenômenos climáticos extremos que fazem com que seja necessária uma maior resiliência; sem contar a ascensão da classe média e do nível de vida em mercados em desenvolvimento.

Neste cenário, a ACCIONA aposta em um enfoque seletivo para escolher as oportunidades, focando em grandes contratos com necessidades tecnológicas mais exigentes, que demandam elevados níveis de especialização enquanto oferecem rentabilidade mais atrativa e melhores perfis de risco.

A ACCIONA se posiciona como uma companhia capaz de desenvolver infraestruturas essenciais para a sociedade, com uma vocação de longo prazo e perenidade.

A ESTRATÉGIA DA COMPANHIA ENFATIZOU EM 2017 O PILAR DO CRESCIMENTO FOCADO. NESSE SENTIDO, COMO SE ENCAIXAM OS OUTROS NEGÓCIOS?

Nossa missão sempre foi a mesma: que a ACCIONA se posicione como uma companhia capaz de desenvolver infraestruturas essenciais para a sociedade, com uma vocação de longo prazo e perenidade. Além disso, temos um espírito empreendedor característico e valorizamos a busca contínua por novas oportunidades, o que temos feito até agora.

Além das energias renováveis e do desenvolvimento de infraestruturas, completamos e diversificamos a nossa oferta com outras atividades, que requerem menores níveis de investimento e endividamento, mas que também contribuem com os resultados consolidados do grupo.

Seu potencial de crescimento nos permite maximizar seu valor por meio de operações estratégicas. Nesse sentido, devemos destacar a contribuição dos ativos imobiliários alugados para a Testa Residencial, em linha com nossa estratégia de cristalização do valor da carteira de ações.

A ACCIONA Inmobiliaria está focada no negócio de promoção residencial, mercado que volta a crescer após vários anos de recessão, e que além de possuir grande rentabilidade, permite a monetização de nossa careteira de propriedades e o desenvolvimento de sinergias com as atividades de construção da companhia. Igualmente, Bestinver se consolidou como líder do setor de gestão de ativos independentes na Espanha.

A ACCIONA está preparada para o futuro. Nossas equipes, altamente especializadas e comprometidas, trabalham para oferecer soluções sustentáveis onde as oportunidades demonstrem um equilíbrio entre riscos e rentabilidade. Nossa aposta pela inovação nos capacita para estar à altura dos projetos mais exigentes e nos transformar na melhor opção.

Por último, o compromisso com a sustentabilidade que caracteriza a ACCIONA segue seu curso com o Plano Diretor de Sustentabilidade 2020. Além disso, fazemos parte de uma das principais iniciativas sustentáveis do mundo e participamos dos diálogos e debates onde se tomam as decisões e onde são assumidos os grandes compromissos globais com o planeta e a gerações futuras. E fazemos por convicção, porque seguimos animados com os avanços dos últimos anos e convencidos de que seremos parte da solução.

O compromisso com a sustentabilidade que caracteriza a ACCIONA segue seu curso por meio do Plano Diretor de Sustentabilidade 2020.
    Subir